A importância das Práticas Integrativas como o Reike, Auriculoterapia e a Aromaterapia

por | 11 de setembro de 2021 | Bem-estar, Trabalho Multiprofissional

Joice Valcarcel

Psicóloga Social

Uma excelente notícia é que desde 2006 essas práticas são autorizadas pelo Ministério da Saúde, com respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS), e 29 delas são oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS)! Entre essas dezenas de terapias, estão, por exemplo, a medicina tradicional chinesa e a aromaterapia.

A medicina tradicional chinesa tem como principal objetivo tratar o indivíduo de forma integral. Para os chineses, as alterações nos órgãos levam a distúrbios emocionais – e alterações psicológicas podem desencadear um desequilíbrio no corpo, que pode ser manifestado por dor física.

Um dos tratamentos que pode ajudar é a Auriculoterapia. Funciona assim: agulhas ou sementes de mostarda são usadas para estimular pontos específicos na orelha, pois é nessa região que temos os nossos microssistemas (ou seja, todos os órgãos estão ali representados). Desta forma, é possível equilibrar os pontos energéticos do corpo, auxiliando no tratamento de hipertensão, dores crônicas, enxaqueca, ansiedade e depressão, por exemplo.

Outra técnica baseada na medicina tradicional chinesa é o Reike. Seu principal objetivo é restabelecer o nosso fluxo de energia vital QI. A técnica é realizada com a imposição de mãos para remover bloqueios energéticos e restabelecer o fluxo de energia vital, o que potencializa o nível de consciência e o bem-estar físico e emocional.

Durante o tratamento com Reike ou Auricoloterapia, o terapeuta pode associar ainda a Aromaterapia: uma técnica auxiliar no tratamento de ansiedade, depressão, doenças respiratórias, insônias e no combate ao estresse. Nessa técnica são utilizados óleos essenciais extraídos de plantas – e cada uma delas apresenta uma propriedade terapêutica específica. Os óleos essenciais apresentam partículas que, quando liberadas, atuam em áreas do nosso cérebro desencadeando reações fisiológicas e beneficiando a saúde física, mental e emocional.

BOX – 1

PICS autorizadas pelo Ministério da Saúde*:

Apiterapia; Aromaterapia; Arteterapia; Ayurveda; Biodança; Bioenergética; Constelação Familiar; Cromoterapia; Dança Circular; Geoterapia; Hipnoterapia; Homeopatia; Imposição de mãos; Medicina antroposófica/antroposofia aplicada à saúde; Medicina Tradicional Chinesa – acupuntura; Meditação; Musicoterapia; Naturopatia; Osteopatia; Ozonioterapia; Plantas medicinais – fitoterapia; Quiropraxia; Reflexoterapia; Reiki; Shantala; Terapia Comunitária Integrativa; Terapia de florais; Termalismo social/crenoterapia.; Yoga.

BOX- 2

Alguns dos principais óleos essenciais e seus benefícios**:

Alecrim – ajuda em situações de cansaço mental, falta de memória, dificuldade de concentração, dor de cabeça, enxaqueca, dores musculares e dores articulares.

Lavanda – para reduzir estresse, dor de cabeça, resfriados, insônia e problemas respiratórios.

Canela – para combater cansaço físico ou mental, tonturas, irritabilidade, dor de cabeça, falta de concentração, cólicas menstruais e dificuldade em relaxar.

Jasmim – para quem tiver diminuição da libido, problemas respiratórios, excesso de estresse, depressão e tensão muscular.

Bergamota – bom para aliviar estresse, depressão, ansiedade, infecções da pele, má digestão.

Limão – ajuda na concentração e no combate à ansiedade, excesso de estresse, falta de energia, sistema imune enfraquecido, dor de cabeça, má digestão e febre.

 

*Fonte: site do Ministério da Saúde

 

**Fonte: site Tua Saúde